quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

10 coisas que uma futura mãe tem que saber

Como recém-mamã e ex-grávida, há certas coisas que tenho o dever de transmitir à comunidade, mais concretamente a todas as belas barrigonas que andam a circular pela rua: 

1º Aproveita o reinado enquanto podes. Enquanto estás grávida todos te olham e tratam como uma verdadeira princesa. Mil cuidados para aqui, mil atenções para ali, mil miminhos para acolá. Mal o bebé nasce passas de princesa a gata borralheira (o aspecto físico é bem semelhante) e as atenções são todas centradas no bebé. 

2º Não vais voltar a dormir até ao meio dia. Ou até às 10h. Bem, dá-te por satisfeita se conseguires descansar durante a noite. A não ser naquelas noites de liberdade em que o bebé fica em casa da avó ou da tia. (Sim, sou muito a favor dessas noites de liberdade.) Por isso aproveita bem agora, agarrada à tua confortável almofada de grávida e dorme, dorme, doooorme. 

3º A epidural é sagrada. Eu lembro-me de quando estava grávida dizer que gostava de ter um parto natural. Ah Ah Ah! Admiro muito as pessoas que conseguiram suportar a dor, como foi o caso da minha mãe mas, para mim, quase 40 horas no hospital fizeram-me ver que esta é uma das maiores e melhores criações de todos os tempos. Amén! 

4º O teu bebé não vai chegar a usar toda a roupa que tens para ele. “Eu não comprei assim tanta coisa”. Sim… “Os bebés sujam-se muito, precisam de várias mudas” Ah-ham… “É só mais este casaquinho, é tããão fofinho”. Pois… Houve várias peças de roupa que a Mel nem chegou a usar, entre o que nós lhe comprámos e o que lhe ofereceram. 

5º Toda a gente vai ter uma opinião para te dar sobre o teu filho. Mesmo sem tu pedires. Principalmente sem tu pedires. A melhor forma de lidar com isso é - depois de um revirar de olhos mental - inspirares fundo, sorrires e agradeceres. Se levas o conselho avante ou decides ignorá-lo é contigo.

6º Não vais aplicar muitos dos exercícios de respiração que aprendeste. Sim, é tudo muito bonito nas aulas de preparação para o parto. “Inspira como se estivesses a cheirar uma flor e expira como se quisesses tombar - não é apagar - a chama de uma vela”. E não é que tu até fazes aquilo na perfeição? Pois, nas aulas. No parto tu bates recordes de inspirações e expirações por minuto, és mais rápida que o Bolt na pista de atletismo. 

7º Os bebés não são de vidro. Nem de porcelana. Nos primeiros dias vais ter medo de pegar nele, um ser tão pequenino e frágil, mas isso passa. Com o hábito do dia-a-dia, vais dar por ti a segurar no teu filho com a maior à vontade de sempre. Várias partes do teu corpo viram uma mão extra: o cotovelo, o queixo, o joelho…

8º Toda a gente vai querer conhecer o teu bebé. É importante que tu, com a ajuda do teu companheiro/a, agilizem as visitas da melhor forma para não teres um batalhão de gente em casa à volta da criança. O ideal são visitas curtas em que, preferencialmente, as pessoas te tragam comida. 

9º Vai a todos os eventos de grávidas que puderes. O site Mamãs e Bebés cria eventos por todo o país para mães mas sobretudo grávidas. Focam diversos temas importantes: parto, amamentação, cólicas, banho,… e dão também muitos kit de ofertas. Eu tive a oportunidade de ir a vários eventos, aprendi bastante rodeada de outras futuras mamãs, e trouxe para casa imensos brindes (a Mel tem 4 meses e ainda não comprei gel de banho nem creme hidratante, de tantos frascos de amostras que me ofereceram. Chupetas, tenho umas 10, todas grátis. Estou a falar de marcas boas: Chicco, Johnson, Mustela, Barral). Entre os eventos também podes fazer uma ecografia 3D gratuita e sessões fotográficas sem compromisso com oferta de 1 foto.


10º O teu bebé vai ser o grande amor da tua vida. Vais descobrir uma nova forma de amar, tão grande e poderosa que vai encher-te o coração. Vais perder-te a olhar para o teu bebé, apaixonada por cada traço, cada pormenor. Vais ficar de coração partido sempre que ele chorar ou estiver doente. Vais deixar de te importar com tudo o que não seja o seu bem-estar. Nasceu o teu filho, mas também nasceste tu, mãmã. 



Rita


Gostaram do post? Continuem a seguir o blog e façam like na página do facebook! 

8 comentários:

  1. Lembra me de ler isto quando estiver grávida :)

    ResponderEliminar
  2. Rita, revejo me nas tuas palavras. É tudo isso e muito mais que não consegues exprimir. Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ser mãe é mesmo assim :) beijinho Becas!

      Eliminar
  3. Levar comida quando te for visitar... registado!!! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha! Mas olha que fico mesmo à espera dessa visita! :P

      Eliminar